quinta-feira, abril 25, 2013

25 de Abril



Esta é a madrugada que eu esperava
o dia inicial inteiro e limpo
Onde emergimos da noite e do silêncio
E livres habitamos a substância do tempo.


Sophia de Mello Breyner Andresen

Imagem retirada do Google

3 comentários:

Fatyly disse...

Um belo poema para um dia ainda mais belo...25 de Abril SEMPRE e PARA SEMPRE.

Beijos

Nilson Barcelli disse...

Também esperava a dita madrugada.
Que tardou, mas chegou.
Mas que precisa de ser reactivada...
Bom feriado.
Um beijo, querida amiga Isabel.

Observador disse...

Sophia, sempre.
Abril ... não me parece.

Infelizmente.

Bj